fbpx

Atrizes comentam relevância de personagens femininos na trajetória de Jesus ao retratarem Paixão de Cristo

Na semana do Dia Internacional da Mulher, atrizes que darão vida a personagens emblemáticas na encenação da Paixão de Cristo de Floriano 2024 destacam o quanto é desafiador rememorar a trajetória dessas mulheres em uma época bastante conservadora.
A atriz Iraci Costa, por exemplo, dará vida à Verônica, uma mulher piedosa de Jerusalém que, comovida com o sofrimento de Jesus ao carregar a cruz até o Gólgota, deu-lhe seu véu para que ele pudesse limpar seu rosto. “É muito complexo interpretar esse personagem, pois era uma época em que a mulher não podia ter muitas ações. Era preciso ter muita coragem, muita fé e confiança para enfrentar toda uma multidão para chegar até Jesus e ele, por sua vez, era, e ainda é, muito justo, piedoso e bondoso. Então, Verônica teve a permissão de chegar até ele e pode ajudar dando um pouco de consolação”, descreve.
Já Beatriz Martins da Rocha viverá a mulher hemorrágica, que foi curada após tocar o manto de Jesus. Ela lembra que, segundo a Bíblia, essa mulher sofreu por 12 anos com um sangramento e teve que viver assustada por causa dos costumes da época, já que, a mulher quando sangrava não podia tocar em homem algum e se isso acontecesse ela seria apedrejada. “Ela passou por muito sofrimento, preconceito. Mas Jesus era amor, paciência e compreensão. Ele não julgava as mulheres, a exemplo de Madalena, que vivia uma vida tida como fora da lei, com riquezas, mas, mesmo assim, Jesus lhe diz que ela não era pecadora, que lhe faltava só o amor verdadeiro”, detalha.
Por sua vez, o diretor do espetáculo, Cesar Crispim, destaca que a Paixão de Cristo de Floriano tem um imenso respeito pelas personagens femininas que encontramos no Evangelho de Jesus e pela importância que elas tiveram na construção do Cristianismo para a humanidade. “Nós encontramos Maria, a mãe de Jesus, que vem com a sua candura, pureza, falando da importância da família, da importância de vivermos essa união fraterna entre todos. Encontramos Maria Madalena, um personagem magnífico, modelo de transformação, porque ela passa verdadeiramente a ser uma discípula de Cristo, seguindo ele em todos os seus passos. Então, nós fazemos a Paixão de Cristo de modo a valorizar a mulher, os personagens femininos, de modo que a humanidade veja que o Cristo encarnado na Terra esteve ao lado de grandes mulheres e estas mulheres fizeram dele um grande profeta”, finaliza.
*Sobre o espetáculo*
A Paixão de Cristo de Floriano 2024 acontecerá nos dias 29 e 30 de março, no Teatro Cidade Cenográfica, sempre às 20h, com entrada franca. Para a encenação deste ano, também estão escalados os atores convidados Ana Lúcia Torre (Maria), Thiago Rodrigues (Jesus), Sergio Marone (Pilatos), Totia Meireles (Herodias), Zezeh Barbosa (Madalena) e Jefferson Mendes (Herodes).
O evento é realizado pelo Grupo Escalet, Secretaria de Cultura do Estado do Piauí/Secult e Governo do Estado do Piauí, Prefeitura Municipal de Floriano, Ferro Leste, Eldorado Bebidas, Via Bebidas, Lei de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet, Lei Paulo Gustavo e Governo Federal.

*Mais informações:*
Telefone/WhatsApp: (89) 99978-6996
Site: www.paixaodecristopi.com.br
Instagram: @paixaodecristopiaui
Facebook: Paixão de Cristo de Floriano PI
Twitter: @paixaopiaui
TikTok: @paixãodecristopiaui

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook