fbpx

Ex-vereador e mais quatro são indiciados pela morte de empresário em Timon


O ex-vereador de Timon, Kennedy Gedeon, e o empresário Alberto Ribeiro Soares Filhos estão entre os indicados pelo assassinato de Nicolau Waquim Terceiro

O ex-vereador de Timon, Kennedy Gedeon, foi indiciado pela Delegacia de Homicídios de Timon (MA) por participação da morte do empresário Nicolau Jorge Elias Waquim Terceiro. Ele é apontado como um dos mandantes do crime, ocorrido na madrugada do dia 18 de novembro de 2022.

Além do ex-vereador, ainda foram indiciados:

— o empresário Alberto Ribeiro Soares Filho, ex-sócio da vítima, que está preso desde janeiro;

— Tiago da Costa Oliveira, apontado como intermediador entre os mandantes e os executores;

— um adolescente, que já foi sentenciado e se encontra internado cumprindo medida socioeducativa; e

— Victor Samuel Medida da Silva, que está foragido.

O grupo deve responder por homicídio duplamente qualificado.

Segundo a Polícia, Alberto Filho e Kennedy Gedeon, que possuíam divergências com a vítima, resolveram se unir para encomendar o homicídio. Uma das brigas diz respeito ao limite dos lotes em que eles moravam, conforme a investigação.

“Há uma divergência muito antiga entre o Kennedy e o Terceiro Waquim por questões de terras, cerca. Uma briga muito antiga. Logo no início das investigações a família já tinha suspeitas sobre isso”, explicou o delegado Otávio Chaves, da delegacia de homicídios de Timon.

Kennedy Gedeon é empresário do ramo da construção civil. Em depoimento, ele negou participação no crime. O delegado Otávio Chaves explica que o exvereador não foi preso no decorrer das investigações porque colaborou com o trabalho policial.

“Ele tem colaborado com as investigações desde o primeiro momento. Entregou o celular dele. Está sempre no endereço dele. Não há dificuldade de encontrá-lo. Por isso optou-se por ele responder em liberdade. A gente não vislumbrou os requisitos da prisão preventiva”, explicou o delegado.

O crime

O empresário Nicolau Jorge Elias Terceiro Waquim, filho do promotor de justiça aposentado Nicolau Waquim, foi assassinado a tiros em sua residência no bairro Parque São Francisco, em Timon. O crime foi registrado na madrugada do dia 18 de novembro de 2022.

Nicolau Terceiro é sobrinho do ex-deputado federal Sétimo Waquim e da exdeputada estadual e ex-prefeita de Timon, professora Socorro Waquim.

O comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar de Timon, Tenente Coronel Sousa, informou que a vítima estava na cozinha no momento que foi morta, e o criminoso utilizou um basculante para conseguir efetuar os disparos.

“A polícia foi acionada por volta de 01h para o local e isolamos a área. Fomos informados que uma pessoa fora da residência, através de um basculante, efetuou os disparos contra ele. Tivemos a preocupação de saber se levaram alguma coisa da casa, se havia sido um assalto. Isso tudo está sendo investigado”, declarou.

O comandante disse ainda que os pais da vítima estavam dormindo no momento do crime. “Ele morava com os pais que estavam dormindo. Procuramos por câmeras nas proximidades, mas não foi encontrada nenhuma. A motivação e a investigação sobre os autores ficará a cargo da Polícia Civil”, pontuou.

Via Gilberto Lima

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook