fbpx

Gasolina vai ficar mais cara em quase 12% a partir de amanhã no Maranhão por conta do reajuste do ICMS

A nova sistemática de cobrança do ICMS, o imposto estadual, sobre a gasolina vai aumentar o preço final do combustível nos postos em quase todo o país. A partir de amanhã, dia 1º de junho, o tributo passará a ser cobrado em valores, e não mais em percentual. Os estados acordaram uma alíquota fixa de R$ 1,22 por litro. No Maranhão, o imposto vai aumentar em quase 12%.

Na prática, segundo levantamento da Fecombustíveis, isso vai representar um aumento de impostos em quase todo o país. Apenas em três estados (Alagoas, Amazonas e Piauí) poderá haver queda.

Atualmente, a alíquota de ICMS varia de 17% a 22%. O percentual é calculado sobre um valor de referência, que é divulgado pelos governos estaduais a cada 15 dias. Assim, quando o preço da gasolina sobe nas bombas, o valor de referência usado pelos governos no cálculo do ICMS também aumenta, o que acaba por sua vez elevando o tributo cobrado e retroalimentando o impacto para o consumidor.

Veja abaixo o impacto em cada estado:

Estados onde o valor vai subir

Valor atual do ICMS, que vai subir para R$ 1,22 em junho

  • Acre – R$ 1,1854
  • Amapá -R$ 0,9478
  • Bahia -R$ 1,1419
  • Ceará -R$ 1,1534
  • Distrito Federal -R$ 1,0251
  • Espírito Santo -R$ 0,9668
  • Goiás – R$ 0,9328
  • Maranhão – R$ 1,0961
  • Minas Gerais – R$ 0,9790
  • Mato Grosso do Sul – R$ 0,9233
  • Mato Grosso – R$ 0,9514
  • Pará – R$ 1,0791
  • Paraíba – R$ 0,9629
  • Pernambuco – R$ 0,9643
  • Paraná – R$ 1,0024
  • Rio de Janeiro – R$ 1,0129
  • Rio Grande do Norte – R$ 1,2046
  • Rondônia – R$ 1,0489
  • Roraima – R$ 1,0530
  • Rio Grande do Sul – R$ 0,9298
  • Santa Catarina – R$ 0,9522
  • Sergipe – R$ 1,0501
  • São Paulo – R$ 0,9626
  • Tocantins – R$ 1,1676

Diego Emir

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook