fbpx

HOSPITAL TIBÉRIO NUNES DE FLORIANO-PI, USA TRATAMENTO INÉDITO COM CORTICÓIDES E OBTÉM RESULTADO POSITIVO NO TRATAMENTO A PACIENTES COM COVID-19

O diretor técnico do Hospital Regional Tibério Nunes, médico Justino Moreira, fala dos bons resultados de recuperação dos pacientes com a Covid-19 em Floriano a partir do uso do corticoide injetável na segunda fase da doença. Ele comenta que o tratamento tem como base o conhecimento adquirido de médicos espanhóis que estão na linha de frente da doença em Madri.

Corticoides são hormônios que possuem ação anti-inflamatória, muito utilizados no tratamento como asma, alergias, artrite reumatoide, lúpus e outros.

Justino Moreira explica que a primeira semana da doença é o período em que o vírus está circulando no corpo, podendo apresentar sintomas como febre, dor de cabeça, náuseas, vômitos, a falta de gosto e de cheiro. “A partir desse momento, a gente tem introduzido aqui em Floriano medicações como a hidroxocloroquina de forma precoce. Não temos dados para saber se tem uma evidência boa, mas é o que a gente vem usando no momento”.

“O que nós temos fazendo com o sucesso é o tratamento na segunda semana. Estamos recebendo pacientes com alterações na anatomia dos pulmões. Nós temos feito uma corticoperapia, que é a aplicação de um antiflamatório potente na veia que regride a lesão, diminui a inflamação, e o paciente tem dito respostas imediatas. Em torno de 24 horas depois os pacientes melhoram bastante. Esse tratamento dura de 3 a 5 dias. Os pacientes estão sendo liberados para casa, graças a Deus, assintomáticos, sem apresentar nenhum sintoma”.

Sobre o tratamento na segunda fase, Justino Moreira esclarece que “essa experiência não é de protocolo oficial, ainda está se documentando. Clinicamente os resultados são espetaculares”.

Reais Notícias com Informações ✍️:Cidadeverde.com

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook