fbpx
Blog Fuxico do Sertão - Notícias de Pastos Bons e Região

LAGOA DO MATO É O ÚNICO MUNICÍPIO MARANHENSE SEM NENHUM CASO DE COVID-19

Município de Lagoa do Mato, distante cerca de 560 km da capital maranhense, localizado na mesorregião do leste maranhense e na microrregião das Chapadas do Alto do Itapecuru, é a única cidade do Maranhão que registrou zero caso de novo coronavírus (covid-19), segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde.

De acordo com o site da prefeitura de Lagoa do Mato, até o momento 32 casos foram notificados e os mesmos 32 foram descartados. Ainda de acordo com as informações 28 casos estão sendo monitorados pela secretária de saúde do município. Ou seja, todas as pessoas que tiveram contato com pacientes que testaram positivo que retornaram de outra cidade ou outro estado que há casos suspeitos ou confirmados e que não apresentam sintomas, são orientados a ficar em casa.

Desde março quando as primeiras ações de enfrentamento à covid-19 no estado iniciaram. A prefeitura de Lagoa do Mato preparou um planejamento estratégico com base nas orientações das autoridades de saúde, além de um trabalho de conscientização junto à população do município.

Com 11 250 habitantes, de acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Lagoa do Mato limita-se ao norte com os municípios de Parnarama (68 casos e 01 óbito) e Buriti Bravo (28 casos e 0 óbito) ao sul com o município de Sucupira do Riachão (13 casos e 0 óbito). No oeste com os municípios de Passagem Franca (74 casos e 0 óbito) e Buriti Bravo e leste, com o município de São Francisco do Maranhão (14 casos e 0 óbito).

Criado através da lei estadual número 6.136, de 10 de novembro de 1994, o município foi desmembrado de Passagem Franca. A população vive basicamente da agricultura de subsistência com o cultivo principalmente de arroz, feijão, milho e mandioca, da agropecuária e um pouco de artesanato. A vegetação possui pastagens naturais, ainda com grandes áreas de babaçuais, planta típica do sertão maranhense, que ainda hoje representa importante fonte de sobrevivência e alimentação. Conta ainda com uma considerável área de cerrado.

Vale lembrar que o Maranhão já conta com 90.251 casos confirmados e 2.250 óbitos, Um total de 13.706 casos confirmados estão em São Luís com 891 óbitos. Seguido de Imperatriz com 4.236 e 213 óbitos e em terceiro lugar no ranking o município de Zé Doca com 2.238 e 21 óbitos. Quando o estado contabilizou no último dia 30 de junho, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula fez um alerta sobre o avanço da doença tanto na capital quanto nas demais regiões. “Já são 80 mil casos confirmados de covid-19 no Maranhão. Não são números, são pessoas. Fazemos a nossa parte investindo em hospitais, leitos, testes e distribuição de Equipamentos de Proteção individuais (EPIs) para os profissionais de saúde. Faça a sua: use máscara!”, alertou Carlos Lula.

Fonte: O Imparcial