fbpx

Pedro Lucas destaca anúncio do ministro-chefe da Casa Civil sobre investimentos na Margem Equatorial

O deputado federal Pedro Lucas destacou em suas redes sociais, o anúncio do ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, sobre investimentos na Margem Equatorial, considerada como o “novo pré-sal” do país.

“Em reunião com os governadores do Nordeste, o ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa⁩, destacou a importância da exploração petrolífera na Margem Equatorial para a região. Os governadores e as bancadas do Nordeste estão unidos nesse propósito”, disse o deputado.

De acordo com Rui Costa, a Petrobras intensificará os investimentos e estudos na Margem Equatorial, que possui mais de 2 mil km e se estende desde o Amapá até o Rio Grande do Norte, estando próxima à linha do Equador.

“Temos outros desafios com a chamada Margem Equatorial, que pega desde o norte do Amapá até a bacia do Rio Grande do Norte, com investimentos e pesquisas que a Petrobras vai manter e vai intensificar, porque acena-se com a possibilidade de ali ser um novo grande reservatório de gás e óleo para o Brasil”, afirmou Rui Costa.

Pedro Lucas em defesa da Margem Equatorial

O deputado federal Pedro Lucas tem sido atuante na luta em defesa da exploração de gás e petróleo no Maranhão, o “novo pré-sal”. Desde o início, o parlamentar tem acreditado no projeto e vem apoiando o trabalho na Margem Equatorial que mudará a economia do estado.

Em novembro de 2022, o deputado realizou audiência pública para discutir o potencial petrolífero do arco norte do Brasil, com as comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional; e de Minas e Energia da Câmara dos Deputados.

Além disso, o parlamentar solicitou requerimento para a criação e registro da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Exploração de Petróleo na Margem Equatorial do Brasil, para atuar no apoio, incentivo, defesa, acompanhamento de proposições, ações e políticas públicas em prol do incentivo à exploração petrolífera e da atividade de exploração na Margem Equatorial do Brasil, servindo de ponte de interlocução entre o parlamento e as diversas entidades do setor público, privado, da sociedade civil e da academia ligadas ao setor de óleo e gás brasileiro.

Recentemente, Pedro Lucas destacou a importância da liberação do IBAMA para a perfuração de poços na Margem Equatorial, que tem estimativa de aumentar em até 20% o PIB do Maranhão.

Via Blog Do Rogério Silva

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook