fbpx

Servidora de Turiaçu é vítima de transfobia em grupo de WhatsApp

Coordenadora vem sofrendo ataques de transfobia. Foto Reprodução Arquivo Pessoal
Uma grave situação de transfobia vem acontecendo em rede social em Turiaçu contra uma servidora municipal.
A vítima, uma mulher trans, relatou ao Blog do Neto Weba estar sofrendo preconceito em decorrência da sua identidade de gênero. A servidora, que é coordenadora de um grupo denominado “Mulheres  Destemidas”, denunciou ao nosso Portal que vem sofrendo transfobia em um grupo de WhatsApp “Hora da Verdade.
A servidora relata ainda que os ataques são corriqueiros. O caso será levado ao setor jurídico e as providências em favor da servidora serão tomadas.
O CASO será denunciado também no Ministério Público.

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook