fbpx
Blog Fuxico do Sertão - Notícias de Pastos Bons e Região

MÃE DO EX PREFEITO DE PARAIBANO EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE O CASO DILMA

 

Caso Dilma Relembre

NOTA DE ESCLARECIMENTO
Magnólia Teixeira de Sousa (Princesa) , mãe do eterno Prefeito José Hélio Pereira de Sousa, o Zé do Povo, venho por meio desta de coração partido esclarecer, que além da grande dor da perca do meu filho que foi a metade de mim, que nunca mais serei a mesma, carrego comigo a grande dor de saber que moro em frente à casa em que ele morava e adoeceu, onde foi me negado o direito de saber a situação do meu filho. Como de costume, sempre ia pela manhã deixar seu café, e então naquele período me diziam que meu filho não se encontrava em casa, com intuito de me esconderem seu quadro clinico. Se tornando imperdoável! Meus outros filhos estiveram também acometidos pela COVID-19, e não medi esforços como mãe, para ajuda-los, tomando todas as medidas de proteção. Me ocultaram totalmente o caso do meu filho, não tenho como descrever tamanha dor ao lembrar da SURPRESA daquele cortejo chegando e eu sem saber de nada! Como Mãe, me sinto sem uma parte de mim, me tiraram, sem ao menos eu poder me despedir ou ajudar. Quando percebi que aquele era corpo do meu filho sem qualquer estrutura de poder acreditar e receber, naquele exato momento eu morri e me acabei para sempre.
Após a morte do meu filho eu tenho enfrentado acontecimentos angustiantes, vendo pessoas usando a morte do meu filho e tudo que ele representa para a cidade de Paraibano, simplesmente com o intuito de se beneficiar através da luz dele almejando poder. Eu e meu marido Adalto tivemos que suportar a dor da perca precoce de nosso filho, sendo enterrado e logo em seguida ver vídeos de pessoas se promovendo com o nome dele com a ganancia e a fome pelo poder. Mas Deus sabe de todos os planos e vem agindo para que essas forças do mal não vigorem. Além de tudo isso, ficou o processo de divisão de bens, como todo mundo em Paraibano sabe, meu filho me deixou netos de até 13 anos de idade, estes foram retirados da casa em que morava com meu filho, sem o direito de levar seus pertences, impedidos de frequentar o supermercado em que meu filho batalhou muito desde rapaz para possuir e criar seus filhos.
Meu filho quando vivo, enfrentou problemas conjugais, mas após conselhos familiares tendo em vista a vida pública que meu filho vivia, e a família ali construída não era o momento para uma possível resolução. Um dos motivos destes problemas era impedimento do jeito de ser do

meu filho, que sempre deu tudo para o povo como sempre sendo solicito e caridoso, como eu também a quem devo a criação ao meu saudoso pai Cirilo grande homem. Lembro-me, como se fosse hoje, meu filho era vivo ainda, o dia que fui proibida de retirar qualquer objeto do supermercado, onde meu filho sempre teve todo prazer em ajudar em tudo que eu precisasse, com o intuito de ajudar as pessoas.
Hoje sou uma mulher triste e angustiada, em saber que meu filho se foi, e não viveu a vida com quem realmente queria de verdade, por conselhos à ele pela família hoje me deparo com estas cenas, e vejo que meu eterno filho tinha razão, após sua morte fomos percebendo do que realmente se tratava seus motivos e anseios, como hoje todos os paraibanenses estão podendo ver. Que tudo não se passou por interesse, de uma farsa, findando na obtenção do poder aquisitivo que ali meu filho tinha. Hoje todos nós estamos cientes que intuito é denegrir a imagem da minha família como em blogs foi anunciado, a ordem de despejo sem realmente falar o que de fato aconteceu. Eu como Mãe, moro em frente à casa do meu filho, e como todos nós sabemos meu filho foi substituído em menos de meses em que faleceu, já está gravida e vivendo com outro. Tendo em vista o discorrido, pedi para a mesma buscar um outro lugar para construção de sua nova família, pois ali onde ela viveu e teve minha neta com meu filho, era doído demais para eu ver com a dor de saber que meus outros netos fora expulso pela mesma de um lugar que eles também deveriam e poderiam viver, não somente por maquiagem como era nas redes socias, mas como um dia a mesma registrou um boletim de ocorrência contra meus próprios netos herdeiros natos, acusando de invadir algo que também pertence a eles. E como sabemos o prédio em que a mesma morava é de outro filho meu, construído com muita luta, transparência e conhecimento pelo povo de paraibano, por isso e, contudo, não fazia sentindo essa atriz permanecer ali com tudo que estava aprontando, e assim ela poderia continuar vida dela em outro lugar já que constitui uma outra família e nunca fez questão da família que um dia usou e abusou do sobrenome.
Sobre minha neta, que vem sendo usada como arma de proteção, via todo movimento dela na casa, a atriz nunca RESPEITOU meu filho e nem seu eterno descanso, vive de lá pra fazenda e em um condomínio do seu comparte, e a filha jogada nas mãos de funcionárias e tias, muitas vezes a criança adoecia e passava noite chorando chamando por ela e ela nas farras mais colegas, simpatizantes e compartes. Muitos me acionavam como dever de vó e até hoje me falam. Enquanto ela vive usando o nome da criança como armas de proteção de uma super mãe, que nunca foi ,pois ela tem interesses materiais usando o nome da criança ao invés de se preocupar em cuidar bem da minha neta que sequer pode me frequentar, onde me retirou o direito como avó de participar da criação de minha neta, que somente abençoo minha neta apenas pelas rogações à luz da alma de seu pai que assim peço que à proteja de todos os males. De tanto me falarem coisas de ingratidão e irresponsabilidade dela eu já tive vontade de pedir a guarda de minha neta, pois segundo informações ela já está grávida do então novo marido/ comparte e a criança continua vivendo jogada nas mãos dos outros enquanto ela vive nas farras e se esquivando dos cuidados da criança por conta da nova gestação.
Sabendo de tudo isso e muito mais, desejo e ensejo que ela tenha a vida dela tranquila e com a liberdade que quiser, mais longe dos patrimônios e do nome de nossa família, pra ser mais clara, do meu filho, o qual a mesma já retirou a muito tempo suas vinculações e fotos das redes sociais e usurpando apenas de seus bens e privilégios. Nisso tudo quem sofre são os pais e a família, dessa forma meu filho pediu que fosse sepultado na fazenda com uns dos intuídos de que ninguém pudesse se apoderar da propriedade e com isso meus netos querem distancia dela da propriedade em que o pai deles tanto zelou e hoje descansa. Sobre a tal cena

criada pela atriz, que na verdade nos bastidores não é uma novela, e sim já é um carnaval que a então fanfarrona protagoniza e/ou organiza diz que foi despejada, na verdade a mesma já estava se mudando levando o patrimônio de meu filho a fim de ocultar bens, sendo que tem outros herdeiros no qual processo encontra-se em inventariação. Falei e falo pois mãe que sofre a dor que eu vivo morta mais meu esposo não aceita coisa dessa magnitude que vem acontecendo com nossa família por trás de falsas poses nas redes socias, ainda mais depois de tudo que já aconteceu e vem acontecendo do desprezo que ela vem fazendo com meu netos que hoje vivem morando de aluguel em outra cidade por causa dela, enquanto meus netos nunca deveriam ter saído de lá até que o inventário fosse feito pra cada um ficar com suas partes por igual.
A prova tá ai que meu filho deixou o maior supermercado de Paraibano sortido de uma ponta a outra de mercadorias fora um depósito que vai de um quarteirão ao outro e ela acabou com tudo sem o consentimento dos filhos dele, mais a justiça será feita e eu creio no meu Deus que nunca abandona seus filhos. Me apego todos os dias com a alma de minha eterna mãe Sebastiana (Mãe Iana), que tudo será resolvido com fé e confiança na sua espiritualidade. Todos as forças do mal cairão por terra. Devolvendo nossa paz e harmonia, sabendo que uns dos bens mais precioso para nossa família e para o povo de Paraibano não voltará, mas honraremos aqui em vida com força, humildade e perseverança seus projetos, pensamentos, objetivos e desejos.
Isso é um terço de tudo que vem acontecendo, se tiverem qualquer dúvida podem se dirigir até a mim, Dona Princesa, que vão saber muito mais o que venho passando e engolindo entalada. Hoje não aguento mais tantos fingimentos em busca de uma fama e poder às custas da alma de meu filho que só desejo que descase em paz em nome de Jesus.
Paraibano – MA, 01/09/21

Categoria: Política