Hoje, segunda-feira (11), o Ministério Público Federal solicitou do YouTube que as imagens da falsa cura sejam retiradas do ar, ao mesmo tempo em que pediu à Justiça paulista que sejam tomadas providência contra o pastor.

Existem várias pesquisas sendo feitas por cientistas no mundo todo para a cura da covid-19, mas nenhuma até agora reconhecida pela Organização Mundial de Saúde como a vacina que vai salvar as pessoas da doença, muito menos caroço de feijão.

Via Blog Luís Cardoso