fbpx

Polícia apreende 235 tabletes de maconha e prende suspeito de tráfico em Raposa

De acordo com a polícia, a droga estava enterrada em diversos buracos espalhados pela mata fechada.

Policiais da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), após minuciosa investigação, localizaram e apreenderam 235 tabletes de maconha, na manhã desta segunda –feira (29), no município de Raposa, na Região Metropolitana de São Luís. A droga estava enterrada em vários pontos de uma mata fechada no bairro Pirâmide.

Os policiais entraram em ação após a Senarc receber denúncias anônimas informando sobre um possível carregamento de entorpecentes que estava enterrado em uma área de mata nas proximidades da MA-203, conhecida como Estrada da Raposa.

Durante três dias, investigadores d fizeram um trabalho de monitoramento do local que resultou na localização da droga. O entorpecente foi localizado com ajuda do Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCMA). Na ocasião, o responsável pelo terreno, um homem, de 41 anos, foi preso em flagrante.

O entorpecente e o homem foram levados à sede da Senarc, em São Luís, para autuação flagrante. Em seguida, ele foi encaminhado à Central de Inquéritos e Custódia, onde permanecerá a disposição do Poder Judiciário.

A polícia não informou se o homem preso é o verdadeiro dono do entorpecente. Suspeita-se que ele tenha sido contratado por traficantes para cuidar da droga, que, possivelmente, seria distribuída na Grande São Luís. Na sequência das investigações, e a partir do depoimento do homem preso, a polícia tentará identificar e prender outros possíveis responsáveis pela droga.

Segundo o superintendente da SENARC, Éderson Martins, antes dessa apreensão, a superintendência especializada já contabilizava mais de 168 quilos de drogas apreendidas de janeiro a maio deste ano. O número é fruto das   ações coordenadas pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico(SENARC), através do seu serviço de inteligência, além de denúncias feitas pela sociedade.

A população pode ajudar no trabalho da Polícia Civil do Maranhão fazendo denúncias anônimas através do número da SENARC (98)99163-4899 ou do disque 181, que funciona todos os dias, inclusive aos finais de semana.

Via Gilberto Lima

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook