fbpx

PROJETO NO SENADO: Placas de veículos deverão voltar a informar cidade e estado


“As polícias rodoviárias, agentes de tráfego e outros órgãos de fiscalização dependem dessa informação para realizar seu trabalho de forma eficiente e precisa”, disse o senador Esperidião Amin.

PROJETO NO SENADO: Placas de veículos deverão voltar a informar cidade e estado
O sistema de emplacamento de veículos pode ter nova mudança – e novos custos – se o projeto do senador Esperidião Amin (PP-SC) for aprovado no Congresso. Pela proposta, as placas deverão voltar a informar o município e o estado de registro do veículo.

Segundo informações da agência Senado, o PL 3.214/2023 está em análise na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Se aprovada, a matéria seguirá para votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

O PL altera novamente o Código de Trânsito Brasileiro, que foi modificado em 2019, para implementar a atual Placa de Identificação Veicular (PIV), criada com a intenção de dificultar falsificações e padronizar as placas dos países que integram o Mercosul.

PUBLICIDADE

A placa Mercosul só passou a ser obrigatória para todos os veículos novos no Brasil a partir de 2020.

Segundo o autor do projeto, “a informação ostensiva do local de registro do veículo é importante para as autoridades de trânsito e de segurança pública conseguirem identificar com facilidade a origem de um automóvel em situações como infrações, roubos, furtos e outros crimes relacionados ao transporte”.

“As polícias rodoviárias, agentes de tráfego e outros órgãos de fiscalização dependem dessa informação para realizar seu trabalho de forma eficiente e precisa”, argumenta Amin, em entrevista à agência.

O senador aponta ainda que as placas de veículos geram “um senso de identidade regional e pertencimento”.

Agência Senado

Deixe um comentário

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook